• Entre em contato conosco: +55 (11) 4111-1353
Acompanhe-nos!
image

Como dominar Telecom Expense Management em 5 passos

Existem muitos passos específicos importantes a serem pensados na hora de gerenciar as telecomunicações de uma empresa. Dicas valiosas e específicas sobre uso de softwares ou como lidar com faturas e contratos devem ser do conhecimento dos gerentes e coordenadores que buscam mitigar gastos. Mas, antes disso, nunca pode-se esquecer do básico: um olhar panorâmico sobre os processos de telecom é fundamental para dominar o setor. As dicas de hoje visam essa “preparação de campo”.

1 – Fazer o inventário: Esse é um ponto sobre o qual já falamos diversas vezes – e sempre relembramos, devido à sua importância. Para ter o controle sobre a telecom de uma empresa, deve-se conhecer seu inventário físico e lógico. O primeiro conta com celulares, modens, chips e outros aparelhos. Já o inventário lógico está relacionado aos números de telefone, linhas, links de dados, linhas backup e outros serviços contratados. Tudo deve ser mapeado e as organizado pelos gestores de forma que se possa fazer as análises sob diversas perspectivas, por usuário, por área, por setor, por empresa, etc.

2 – Organizar faturas: Outro passo fundamental em Telecom Expense Management é ter controle sobre as faturas. Os gestores devem ter consciência do processo pelo qual cada fatura passa na empresa, de sua emissão à quitação. A criação de um workflow das etapas de faturamento é uma boa ideia nesse quesito, evitando, inclusive, multas por atraso de pagamento. Além disso, muito trabalho pode ser poupado agrupando as faturas e centralizando seu recebimento.

3 – Reunir informações das faturas: Uma vez organizadas as faturas, é hora de usar seus dados em prol do gerenciamento. Políticas que visem tornar os gastos mais eficientes precisam, antes de serem implantadas, de uma base de informações. As faturas apresentam os custos da empresa, e uma vez organizadas, garantem análises importantes.

4 – Conhecer as diversas formas e ferramentas de TEM: Para implantar a gestão de telefonia na empresa ou mesmo ampliar os conhecimentos no assunto, deve-se compreender suas ferramentas. Porque é melhor utilizar softwares e não planilhas? Qual a diferença entre tarifadores e sistemas de TEM? Pesquisar sobre o assunto é importante para tomada de decisões e não é algo difícil: na era da informação o conhecimento costuma estar disponível a poucos cliques. Além disto, os softwares ajudam a aumentar a produtividade da equipe e permitem os analistas focarem seus esforços nas atividades que dão mais resultados, em vez de serviços repetitivos que podem ser automatizados.

5 – Tornar o TEM uma política geral na empresa: Uma vez decidida a implantação da gestão de telecom, todos aqueles que usam os recursos de telefonia precisam ser conscientizados sobre as melhores formas de utilização. Garantir informações sobre o que se passa na companhia, além de estimular novos hábitos de economia, gera sensação de pertencimento ao negócio.

Estes são pontos fundamentais para que se tenha domínio em Telecom Expense Management, a partir do qual aplica-se as medidas cabíveis e necessárias em cada caso. É primeira base para quem pretende conhecer a fundo o TEM, posteriormente buscando novas informações. O próprio blog é uma ampla fonte de pesquisas sobre o assunto. Aproveite!

TWM - Telecom Web Manager

Comentários

Comente você também